jc_viagem_passeio_inhotim_mg_1080_px_destaque
Mais da vida

A fantástica visita à Inhotim com sabor de quero mais!

A primeira vez que ouvi falar de Inhotim, te confesso, não consegui entender o que era o lugar. Seria uma reserva ecológica? Um museu? Instalação artística? Uma cidade? Todos os relatos – de pessoas maravilhadas, diga-se de passagem – pareciam confusos demais, e a verdade é que fui convencida por apenas três palavrinhas mágicas: arte, natureza e paisagismo.

A Páscoa chegou e coloquei o pé na estrada. Para arrastar o marido, bastou a frase “viagem de carro com amigos”!   E lá fomos nós, em dois carros, com destino a Belo Horizonte (MG), que fica a 1 hora da cidade de Brumadinho, onde localiza-se o Centro de Arte Contemporânea Inhotim.

Inhotim é um dos lugares mais lindos que já conheci na vida. De uma grandiosidade sem fim. Uma experiência única. É tudo o que falam, só que ainda melhor. Visitar Inhotim é como ser abduzido para outra dimensão. Muito mais pura, mais bela, sem igual no Brasil e no mundo. Visitou, amou. Acredite em mim: você pode ir cheio de expectativas, e ainda assim sairá de lá surpreendido e maravilhado. Se estou exagerando? Nem um pouco.

jc_viagem_passeio_inhotim_mg_14
Inhotim é indescritível. Vou tentar fazer um relato completo, mas é impossível revelar a essência do lugar. Tem que visitar. Para sentir na pele. Experimentar. Guardar no coração e amar!   Você pode até pensar “menina, mas eu já vi isso em algum lugar”, só que não, tenho certeza que você nunca viu nada igual.

Inhotim é para quem tem a alma livre e não se importa em passar um dia – ou vários – caminhando entre as árvores, sem a menor pressa, curtindo cada surpresa agradável que o homem e a natureza podem juntos proporcionar. São 110 hectares para explorar e se perder, percorrendo trilhas de terra e de asfalto que levam ao encontro da paz, em meio a lagos, jardins, palmeiras e gramados. O santuário ainda reserva mais de 145 hectares de mata atlântica.

jc_viagem_passeio_inhotim_mg_23jc_viagem_passeio_inhotim_mg_16 jc_viagem_passeio_inhotim_mg_20jc_viagem_passeio_inhotim_mg_18
Inhotim é para quem ama o paisagismo tropical do mestre Roberto Burle Marx. Para onde quer que você vá, uma paisagem impressionante irá tocar seu coração. São mais de 5.000 espécies botânicas para contemplar. A maior coleção do Brasil, minha gente!   

jc_viagem_passeio_inhotim_mg_17jc_viagem_passeio_inhotim_mg_19
É para quem adora curtir a natureza, e não vê as horas passarem quando está no meio do mato. Um mato chic. Bem planejado. Com ar puro, água fresca e cheiro de arte. Muita arte. Entre uma galeria e outra, as paisagens trazem um descanso para o olhar. O acervo artístico contempla cerca de 500 obras de artistas do mundo inteiro, com foco na arte contemporânea a partir dos anos 1960 até os dias atuais. Esculturas, instalações, pinturas, fotografias, vídeos, filmes e desenhos. Tem arte para todos os gostos! 

jc_viagem_passeio_inhotim_mg_07

Processed with VSCOcam with c3 preset

Obra de Hélio Oiticica | Foto: Small Fashion Diary

Processed with VSCOcam with g3 preset

Obra de Matthew Barney | Foto: Small Fashion Diary

Processed with VSCOcam with p5 preset

Viveiro de Cactos | Foto: Small Fashion Diary

5

Obra de Adriana Varejão | Foto: Hypeness

É para quem se sente um estranho no ninho ao visitar um museu. Posso te garantir, lá você não vai se sentir assim. O ambiente é leve, jovem e informal. A maioria das obras apresenta uma proposta interativa. SIMMM, é para tocar, mexer, deitar, rolar, virar de cabeça pra baixo e experimentar um universo inteirinho de possibilidades! Tem até uma piscina, obra do artista Jorge Macchi, para se refrescar!

1

Obra de Jorge Macchi | Foto: Hypeness

4

Jardim de Todos os Sentidos | Foto: Hypeness

É para quem ama a companhia de gente do bem, que ri, abraça árvore, tira foto no espelho e se perde no caminho com a gente! :)

jc_viagem_passeio_inhotim_mg_02 jc_viagem_passeio_inhotim_mg_11jc_viagem_passeio_inhotim_mg_09jc_viagem_passeio_inhotim_mg_03
É para quem leva a sério, muito a sério, esse negócio de escrever o nome com as letrinhas em vasos de cerâmica, na instalação de Marilá Dardot, só para postar no Facebook depois.

jc_viagem_passeio_inhotim_mg_04
É para quem sente uma felicidade imensa ao entrar no orquidário – ou melhor, vandário – mais lindo que já viu na vida.

jc_viagem_passeio_inhotim_mg_21 jc_viagem_passeio_inhotim_mg_01 jc_viagem_passeio_inhotim_mg_06
É para quem ainda acredita no amor. Pode até parecer clichê, mas sabe o que mais me encantou em Inhotim? As pessoas. Sempre gentis, com um sorriso no rosto, a alma branda e a boa vontade de te guiar, explicar uma obra, oferecer dicas preciosas e te conduzir a experiências incríveis.

Relato de viagem

Marido é daqueles que adoram uma aventura de carro. Amigos também. Saímos do Rio na sexta-feira santa e levamos aproximadamente 7h de viagem, com parada-pro-xixi-e-almoço-com-direito-a-falar-besteira-fotos-muitas-fotos-cafe-e-chiclete. Chegamos em Belo Horizonte por volta das 17h, super animados para curtir uma night. Fizemos check in no hotel, quem gosta de banho tomou banho, e lá fomos nós até o bar Stadt Jever (recomendadíssimo!!) para experimentar todas as cervejas possíveis e até impossíveis do Brasil e do mundo. A sexta santa mais louca e divertida de todos os tempos pra sempre!!! :)

jc_viagem_passeio_inhotim_mg_12

Dicas para aproveitar ao máximo a visita à Inhotim

Sábado de manhã, pé na estrada para Inhotim. Estávamos num misto de ansiedade e euforia, que nem sou capaz de descrever. Por sorte, nos perdemos pelo caminho e pegamos uma rota alternativa, com direito a estrada de terra batida e o céu mais lindo que já vi em Minas. Pausa para fotos, claro!

jc_viagem_passeio_inhotim_mg_13jc_viagem_passeio_inhotim_mg_15
Só quando cheguei em Inhotim é que vi a besteira que fiz. A pessoa aqui foi de short (ok!), t-shirt com estampa de gato (ok!) e sapatilha de bico fino (mas hein???). Pois é, amigos… #sofri! Mas andei muuuuuuuuuuuuuuito por aquele lugar, e andaria muito, muito mais, se tivesse mais tempo. A primeira dica de todas é: vá com um tênis bem confortável, roupas leves, bastante protetor solar e chapéu, pelamor!!

Há vários bebedouros com água fresca espalhados pelo parque, então vale à pena levar uma garrafinha. Leve também uma fruta, uma barrinha de cereal ou qualquer outra coisa para não morrer de fome.

Um dia é pouco para conhecer Inhotim. Dois dias seria o ideal. Se puder ir durante a semana, melhor ainda porque estará mais vazio. Mas se você, como eu, só tem disponibilidade para um dia, e justo no fim de semana, compre seu ingresso pela internet e chegue bem cedo. Assim, evitará filas e terá mais tempo livre. O parque é muito grande, imeeeeeeeenso, por isso vale a pena comprar o ticket adicional para utilizar o transporte com carrinhos elétricos. Mas que fique bem claro que você não deixará de caminhar bastante, só vai conseguir encurtar as distâncias.

Se tiver pouco tempo, pesquise com antecedência as obras do seu interesse para ser mais objetivo nas escolhas. São muitos caminhos, dá para se perder – de verdade – lá dentro!

Há ótimos restaurantes em Inhotim, mas todos lotados. A dica aqui é parar em alguma lanchonete, recompor as estruturas, e seguir o passeio, deixando para fechar o dia com um almojanta fora do parque.

Use o mapa interno. Até mesmo para quem é perdido na vida, como eu, essa dica é fundamental.

Fuja do alto verão com todas as suas forças! Faz muito calor em Inhotim, principalmente nas áreas mais abertas.

Hospedagem

Preferimos ficar em Belo Horizonte, com toda a conveniência de uma grande cidade, com cama queen, wifi, café expresso, bares próximos e ducha super potente. Ficamos no Ibis BH Afonso Pena, localizado bem no centro da cidade. Se você preferir, também pode ficar hospedado em alguma pousada em Brumadinho. No nosso caso, aproveitamos para conhecer um pouquinho de BH.

Domingo de sol em BH

Aproveitamos o domingo para tomar um gostoso café da manhã, sem a menor pressa, na Casa Bonomi, um lugarzinho maravilhoso, cheio de delícias, com ambiente muito agradável, que vou guardar para sempre no coração!   

jc_viagem_passeio_inhotim_mg_22
De lá, caminhamos a pé para conhecer a tão falada Feira Hippie de BH, na Av. Afonso Pena, e só o que posso dizer é que fiquei CHO-CA-DA com a variedade de comidas, produtos e artesanatos da região. Um programa imperdível!

Mas imperdível também é a boa e tradicional comida mineira do restaurante Emporium Mineiro, que me deixou com gostinho de quero mais, quero voltar amanhã, quero almoçar lá todos os domingos, peloamordedeuso!!! E a decoração do lugar? Minha gente, é um primor! Com música brasileira – aquela da boa, de raiz – ao fundo, panelas fumegantes e toda a simpatia do povo mineiro. Fiquei encantada!

jc_viagem_passeio_inhotim_mg_10
Encantada com Inhotim. Com a feira hippie, os restaurantes, o povo mineiro… e a linda Belo Horizonte!!   

Espero que gostem do relato e arrumem as malas jááááá para conhecer Inhotim. Tem que ir! Tem que amar!!

Serviço

  • Horários de funcionamento: de terça a sexta, das 9h30 às 16h30. Aos sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 17h30.
  • Ingressos: custam R$ 25 (dias de semana) e R$ 40 (finais de semana e feriados). Melhor comprar online. Tem meia-entrada.
  • Carrinhos elétricos: disponíveis de forma gratuita para pessoas com dificuldade de locomoção (com acompanhante incluso). Para os demais, o serviço custa R$ 20, e pode ser utilizado o dia inteiro.
  • Como chegar: clique aqui e veja todos os caminhos possíveis.

Um beijo no coração!

Post anterior Próximo post

Você também vai gostar! :)

  • Que delícia, Alice! Inhotim, é tudo de bom! Fiquei simplesmente apaixonada quando visitei o parque. Os pavilhões são lindos, mas fiquei encantada mesmo com a botânica do local! Com certeza um lugar muito especial aqui no Brasil. Recomendo a todos.
    Suas fotos ficaram lindas!
    Beijo grande, Thamyrez

    • Também me surpreendi muito positivamente. Me encantei! Saí de lá apaixonada, já doida pra voltar! Como pode? Também fiquei boba com o projeto paisagístico tão lindo!! Um lugar especial, único, pra guardar sempre no coração.
      Um beijo carinhoso!

  • Cih

    Adorei o post! Você explica tudo com tanto carinho que eu fiquei com muita vontade de ir e só descobri que esse lugar existe por causa do seu texto. rs…
    Arte e natureza! Adorei! Kiss

    • Fico feliz em saber que você gostou, Cih, e ainda mais feliz em saber que você é a próxima a arrumar as malas para conhecer Inhotim!! :) :) :)
      Um beijo no <3!

  • Jéssica Fusco

    Adorei! já queria conhecer o lugar! Mas com essas dicas fica mais fácil! :)

    • Ah, Jéssica, pena que vocês não foram conosco!!! =/
      Acho que vocês vão amar!! E, de carro, vale a pena ficar em BH pra curtir um pouco da cidade.
      Um beijo!!