jc-tag-vida-de-gateira-destaque-1080px
Mais da vida

Tag #Vida de Gateira

Amo gatos, cês sabem, e eu também sei que tem um monte de gente aqui apaixonada pelos meus gatos!   Prepare-se para morrer de amores pelos meus filhotes, Chaplin e Petit Gatô, porque hoje vou contar tudinho sobre eles: apelidos carinhosos, manias, personalidades, histórias de vida, o que gostam de comer e como me fazem uma pessoa feliz, mais completa e muito mais humana.

1) Quantos gatinhos você tem?

Tenho dois. Gostaria de ter mais, um de cada cor!  

2) Qual o nome deles? E os apelidos?

Chaplin e Petit Gatô. O Chaplin é o meu Branquelo, Gorducho, Exagerado e Fofinho querido. A Petit é a Pretinha do meu coração, minha Neném, 50 tons de cinza, Sombrinha, Gulosita e Sujeirinha.

jc-tag-vida-de-gateira-chaplin11jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato03

3) Qual a idade dos seus gatinhos?

O Chaplin tem 6 anos e a Petit Gatô vai completar 2 aninhos este mês.

4) Como eles chegaram até você?

Adotei o Chaplin (e a Fifi) através de um anúncio no extinto site Balcão. Diferente, né? Na época, estava descobrindo as alegrias e desventuras de morar sozinha. Sobrava pouco tempo para ir nas feirinhas de adoção, por isso decidi procurar anúncios de doações de gatinhos. Assim tive a sorte de encontrar aqueles que seriam as duas maiores alegrias da minha vida, o Chaplin e a Fifi Fonfon.

A Fifi virou estrelinha no ano passado, precocemente, de um jeito que me traumatizou bastante. Ela teve lipidose hepática, após ficar alguns dias sem comer direito. Só então descobri que os gatos não podem ficar nem um dia sem se alimentar. Fizemos tudo que estava ao nosso alcance, mas infelizmente não conseguimos salvá-la. Fiquei muito triste e deprimida.

Algumas semanas depois, uma amiga um anjo trouxe a Petit Gatô de presente, e foi isso que renovou as minhas forças e confortou meu coração. A Petit chegou com 3 meses, pesando apenas 500 gramas. Estava muito desnutrida e maltratada, tadinha. Acostumada a comer restos de comida. Apesar disso tudo, ao chegar aqui, aquela gatinha miúda e esquelética estava feliz da vida. Só por estar conosco. Gratidão, sabe?  

5) Você tem fotos deles quando eram bebês?

Tenho muitas fotos deles. Afinal, o maior hobby de todo gateiro é fotografar suas ferinhas, não é? ;)

jc-tag-vida-de-gateira-chaplin13jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato06jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato11

6) Como é a personalidade dos seus gatinhos?

O Chaplin é um verdadeiro amigo e companheiro para todas as horas. Onde estou ele vai atrás. Mia pelos cotovelos e parece um velho rabugento. Adora se esfregar em todo mundo que entra na casa. Como um típico tagarela, pode passar horas conversando. Ele foi o grande amigo do meu pai, na época em que travamos as piores batalhas contra o câncer.

jc-tag-vida-de-gateira-chaplin12jpg

Chaplin é um gato de colo, acostumado a passar longas horas colado na gente!   É apaixonado pelo meu marido, por quem sente um ciúme danado. Ao ponto de querer disputar a atenção do Celso comigo o tempo inteiro. Mas ok, já acostumei, marido é o humano de estimação dele e eu sou apenas uma humana-passatempo nesse triângulo amoroso. O Chaplin também tem uma paixão platônica pelo meu vizinho peludo do corredor. É só abrir a porta que ele sai miando escandalosamente até a outra porta e se joga no chão, miando e rolando no capacho, de barriga pra cima.

Chaplin adora…

Entrar em uma caixa (mesmo se for pequena demais para 5kg de um gato gigante).

jc-tag-vida-de-gateira-chaplin06

Sentir o perfume das lembrancinhas ecológicas com mini rosas. Sério, ele ama mini rosas! :)

jc-tag-vida-de-gateira-chaplin05

Roubar minha cadeira quando levanto para ir ao banheiro ou beber água.

jc-tag-vida-de-gateira-chaplin08

Virar o rosto quando percebe que vou fotografá-lo.

jc-tag-vida-de-gateira-chaplin02

Fazer de conta que é uma cristaleira ou um rack, e não um gato.

jc-tag-vida-de-gateira-chaplin03jc-tag-vida-de-gateira-chaplin07

Quando reparamos que ele é um gatão enorme ou quando a Petit para de encher o saco.

jc-tag-vida-de-gateira-chaplin09jc-tag-vida-de-gateira-chaplin01

Deitar na frente do monitor para dizer que “por hoje, chega”, dando uma pausa na minha rotina de trabalho para enchê-lo de carinho.

jc-tag-vida-de-gateira-chaplin10

Já a Petit Gatô é um bebezinho ronronento em forma de gato. Coloco ela nos braços e passo um tempão embalando a pequena. A danadinha adora sentar ao meu lado para assistir televisão. Também ama uma baguncinha craft. Gosta de carinho de todos os tipos, mas o barrigão é só da mamãe!   Tem personalidade forte e é muito expressiva: dá pra ver quando a neném está emburrada, alegre, cansada ou com fome. Aliás, a Petit está sempre com fome. Ela tem a metade do tamanho do Chaplin e consegue comer igual a ele (ou mais).

Petit é alegre, espoleta e hiper ativa, tem um jeito sacana, é apaixonada pelo Chaplin e se comporta como uma verdadeira irmã caçula pentelha. Apesar disso, dá pra ver que ele ama a neném! Ela transformou nossas vidas com seu jeito alegre e espontâneo de ser. Se tivesse que escolher um “filme da sua vida” só poderia ser o Curtindo a Vida Adoidado, pois é assim que ela se sente e se comporta diariamente. Para nossa felicidade!

Petit Gatô adora…

O Chaplin!  

jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato14

Ficar esparramada na poltrona ou no sofá.

jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato02jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato12

Assistir televisão. De preferência, com domínio do controle remoto.

jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato04

Entrar em uma caixa e fazer de conta que é sua cama.

jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato05

Subir na pia e fazer de conta que é sua cama.

jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato10

Subir no cesto, deitar na pilha de revistas e fazer de conta que é sua cama.

jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato09

Entrar em uma uma sacola para brincar.

jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato15

Pegar minhas coisas.

jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato16

Dormir na minha mão ou no teclado enquanto estou trabalhando.

jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato07

Imitar a gente.

jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato13

7) Eles gostam de brinquedinhos? Se sim, quais?

Eles amam caixas, com todas as forças. Também adoram aquela vara com penduricalho. A última que comprei o Chaplin arrancou o ratinho em menos de meia hora. Acabou a brincadeira, a Petit se emputeceu e eu fiquei aqui, tentando administrar a frustração das ferinhas. É um brinquedo muito frágil, mas eles aproveitam cada segundo! :)

8) Qual tipo de carinho que eles mais gostam?

Depende. Os dois são muito temperamentais. O Chaplin pede colo e adora carinho, mas há dias em que não posso encostar um dedo nele. Na barriga, nem pensar. Normalmente, adora um afago na cabeça, na nuca e no queixo. Já com a Petit, o céu é o limite! Gosta até de virar barrigão (só pra mamãe!). O problema é quando ela resolve virar um “monstrinho”, querendo brincar de atacar.

jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato01

9) O que mais gostam de comer? Qual marca de ração/molhinho você costuma dar?

Os gatos só comem ração, mas se der mole eles querem mamão, iogurte, presunto… principalmente a Petit, que tem o mau hábito de tentar avançar na comida humana. Eles gostam da ração Golden para gastos castrados, com sabor de salmão. Pessoas phynas!

Eles comem ração úmida e pastosa até três vezes por semana: latinhas de Fancy Feast, da Purina, e pastinhas e sachês da Sabor e Vida. Essas rações mais úmidas ajudam a eliminar as bolas de pelo naturalmente. Quando faço um peixinho, sempre separo uma porção para eles. Adoram saborear um atum bem fresquinho! :)

10) Como é a caixinha de areia dos seus gatinhos? Você usa areia, sílica, receita alternativa?

Utilizo areia comum com bastante talco infantil, o que alivia o odor mas não diminui o trabalho nem a bagunça que eles fazem com os grãos. Quero testar outros materiais, como madeira e sílica. Podem me dar dicas de marcas e variedades, vou adorar! :)

11) Que recado você daria para as pessoas que não têm gatinhos, ou tem preconceito com gatos?

Gatos sempre transformam a nossa vida para melhor. São tantas lições que aprendemos com essas ferinhas! A maior delas é aprender a aceitar, respeitar e conviver com as diferenças. Cada um tem o seu tempo, suas manias, vontades, rabugices e características únicas. Quando você aprende a amar e respeitar um gato, com certeza, se torna uma pessoa melhor para transformar esse mundo num lugar mais justo, mais verdadeiro e muito mais humano.

Gatos são amigos fiéis, têm personalidade própria e precisam ser conquistados. Você pode ter 20 gatos, amar e cuidar deles da mesma forma e, ainda assim, terão personalidades bem diferentes. Isso não é o máximo?  

jc-tag-vida-de-gateira-petit-gato08

Convite aos gateiros da web

Você também é um gateiro de carteirinha? Participe desta Tag! É só responder as perguntas no seu blog ou canal do Youtube. A Mulher Vitrola começou essa Tag, amei conhecer os 9 gatos da Luiza e também vou amar conhecer as ferinhas de vocês! :)

A Manu, do blog Simplichique, já está convocadíssima a apresentar seus filhotes Tina e Mingau, que são umas fofuras!   Jéssica querida, do Mafuah Chic, também precisa apresentar seus filhos! :)

Lambeijos dos meus gatos!

Post anterior Próximo post

Você também vai gostar! :)

  • Bru Santos

    Adorei conhecer mais dos seus gatinhos lindos!
    Eu tenho muita vontade de ter um, mas sou muito alérgica daí não dá certo.

    Beijinhos :)
    Bru Santos ♥
    http://www.queseame.com

    • Ah, que pena, Bruna.. =/
      Mas olha, marido aqui também é super alérgico. O que o fez melhorar drasticamente foi um tratamento de imunoterapia que ele fez (ainda faz, na verdade). Basicamente, ele toma medicamentos que o ajudam a melhorar a imunidade e resistência a itens que causam alergia. Se você for do Rio, te passo o contato. Vale muito a pena, não só pelos gatos, viu? ;)
      Um beijo, flor!!

  • Flávia Nayane

    Alice, mulher, nem te conto…

    Seus gatos, são exatamente iguais aos meus!!! Mesmo temperamento, mesmas manias, mesmas formas de chamar atenção.

    Sempre pensei que mimei demais meu bichanos, e os deixei “safados”. Mas não, os seus são iguaizinhos!

    Sobre a areia para a higiene dos gatinhos. Eu costumo usar granulados de madeira da marca BawWaw. É bem prático, fácil de limpar e biodegradável. Meus gatinhos adoram!

    Outra dica que tenho pra te dar é sobre a caixa higiênica WC Cat. É super fácil de limpar, mais higiênica e mantem o cantinho deles mais agradável.

    A caixa tem um suporte para o vaso sanitário, porém eu não tive paciência de educar meus gatinhos a usá-la. Então, deixei no chão mesmo. Eu uso um saco plástico para auxiliar na troca e limpeza do coletor do xixi.

    Espero que goste das minhas dicas!

    Um beijo…

    • Hahahahahah menina, como assim? Iguaizinhos??? Então nós duas deixamos eles safadinhos! rsrsrs Os meus são muuuuuuito mal acostumados, eu reconheço. A gente vive em função deles. Mas AMO!!! <3 Participa da Tag você também!! Vou adorar conhecer seus filhotes (e reconhecer os meus! rsrs)

      Poxa, amei a sua dica da areia higiênica!! Eu já estava com vontade de testar grãos de madeira porque já tinha visto na casa de uma amiga e realmente esse material não transmite odores. Vou caçar por aqui, obrigada!!! ;)

      Essa caixa de areia eu já quase comprei pra eles. Mas ocupa bastante espaço, por isso achei melhor organizar tudo aqui antes. O "quartinho" deles tá uma bagunça danada, e estou querendo mudar o banheiro de lugar. Pensei muito em usar essa caixa, mas tô mais inclinada a uma solução de marcenaria mesmo. Só por causa do planejamento de espaço. Olha só a minha inspiração:

      http://ak1.ostkcdn.com/images/products/5300326/P13110966.jpg
      https://www.etsy.com/listing/214700021/long-tall-and-narrow-odor-free-cat
      https://www.pinterest.com/pin/185140234654030546/

      Tenho pensado até em comprar algo já pronto, no tamanho certo e chamar um marceneiro só para fazer o recorte! <3

      Adorei suas dicas!!!
      Um beijo, flor!!

  • Ai, Aliceeeeee, num aguento tanta fofurice não!!!! Ahhh, que vontade de apertar seus filhos!!
    Olha, você deu uma informação que eu não conhecia: o talco na caixinha de areia. Então deixa cheirosinho mesmo? Eu usei por um tempo uma areia que já vinha com cheirinho de maçã verde, era uma delícia o perfume! Mas nunca mais encontrei pra vender :(
    Vou participar dessa tag com o maior prazer! Eu já tinha visto alguns vídeos no YouTube (conheci essa tag através do canal da Inara, do Casinha Arrumada) em que os blogueiros respondem a essa tag em vídeos e fiquei louca pra fazer também! E agora, sou marcada por vc nela! Eita felicidade!!! Acho que vou fazer isso: ao invés de postar no blog, vou gravar um vídeo com as perguntas (que são essas mesmas, inclusive) e aí, linko seu blog lá, pode ser assim? Com participação exclusivíssima dos meus dois bichinhos de pelúcia Mingau e Tina rsrs
    Obrigada por me marcar, parabéns pelos seus gatos, eles são dois amores fofos que eu tenho a maior vontade de apertar! Um beijão!!

    • Titia Manu será muito bem-vinda aqui no afofamento de gatos!! rsrsr

      Olha, o talco é mara!! Uso daqueles para bebê, sabe, e rende bastante. Pode comprar o mais baratinho que tiver. Eu li essa dica em algum lugar e, desde então, é só o que uso. É só colocar o talco por cima e misturar um pouco com a pazinha. Se colocar 2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio, melhora ainda mais a situação do cheiro. Tô querendo testar isso aqui também, sem utilizar o sal: http://linda-todaperfeita.blogspot.com.br/2012/03/para-fazer-areia-higienica-do-gato.html – Todo mundo nos comentários falando bem da mistura maluca! rsrs

      Adorei a sua ideia da Tag em vídeo, Manu! Sou meio tímida pra isso, mas você fala tão bem… adoro seus vídeos e já estou doida pra conhecer seus filhos!! <3

      Um beijo, querida!!

  • Ina Galeazzi

    Ai que amados! Sempre tive gatos quando morava com a minha mãe e quando passei a morar sozinha não resisti e adotei o Horácio, que é minha paixão.
    Recém descobri seu blog Alice e estou adorando!
    Ah, uma dica sobre as areias, bom eu ja testei todas e nunca mais troquei a de madeira por outras. Muita gente não gosta dela, pois depois que ela esfarela tende a espalhar pela casa, mas com alguns truques isso é resolvido.
    Pra mim foi a melhor custo benefício (pago 8,00 de uma caixa de 1,5 kg que dura um mes, trocando uma vez por semana ).
    Ai você vai me dizer que uma vez por semana é muito tempo… na verdade não, como ela é biodegradável, retiro o mais grosso e descarto na privada mesmo e depois agito um pouco o que restou na bandeja. Ela seca bem rápido e neutraliza super bem os odores ( só cuide para não deixar a caixa num lugar que seja muito escuro /úmido pois acredito que voce precisara trocar mais vezes na semana ) . E bom, pro meu meninao não espalhar pela casa toda, coloco um pano bem umido no.chão, em frente a caixinha. Ele pisa nele ao sair deixa a areia grudada no pano :D.
    Enfim, adorei seu blog. Vou tentar inclusive fazer uma parede de revistas aqui em casa. Beijos

    • Oi Ina, obrigada pelo carinho com o blog! Seja muito bem-vinda! :)

      Adorei a sua dica do granulado de madeira. Tenho uma amiga que usa e também fala muito bem desse material. Tem alguma marca que você gosta mais?

      Estou mudando o cantinho deles aqui em casa. A caixa de areia ficava no antigo banheiro da dependência, que é um ovo, mal ventilado, não tinha como isso dar certo, né? rs Trouxe para a área de serviço, em um banheiro fechado que comprei na Pet Love, olha só: https://www.petlove.com.br/banheiro-american-pets-cathy-filter-coberto—verde-3104654/p

      Comecei a testar a sílica (na caixa antiga) e deixei a areia comum nesse novo banheiro. Vamos ver no que vai dar!! O próximo teste será com o granulado de madeira, e te agradeço muito pela dica! ;)

      Um beijo pra vc e o Horácio!!

  • Luiza, obrigada pelo carinho com meus filhos!! :)
    Também fico emocionada com histórias de gatinhos que mudaram de vida. Tive a sorte de encontrar a Petit, e ela me encontrar. Que sorte a nossa! <3
    Um beijo, flor!

  • Obrigada pelo carinho, Pat!
    Vamos sempre compartilhar esse amor! ;)
    Um beijo!