Primeiros frutos da acerola do papai
Paisagismo

Acerola, árvore que dá frutos o ano inteiro

Quando criança, sempre me perguntava por que aquela mudinha não tinha vingado, por que algumas flores murchavam rapidamente ou por que a mangueira (do nada!) parava de dar frutos tão suculentos. Tudo isso ao mesmo passo que as couves do meu pai cresciam rapidamente, os coqueiros produziam o ano inteiro e a nossa horta era a coisa mais linda de se ver.

Com o passar dos anos, a própria vida se encarregou de revelar o segredo disso tudo. Descobri que jardins são feitos com o coração: dependem do nosso carinho e cuidado para sobreviver. E aqui não existe esse papo de “mão boa” ou “dedo verde”. O mais importante é o sentimento que você imprime naquilo que planta. “Todo jardim começa com uma história de amor”, lembra? Então vou te contar a minha…

Herança verde

Antes de morrer, meu pai cismou de plantar um pé de acerola no nosso quintal. Entre tantas árvores, não sei o porquê, a escolheu. Quando plantou, provavelmente, já sabia que não comeria seus frutos nem se sentaria à sua sombra. O câncer avançava rápido demais. Ele nunca perdeu as esperanças, mas os primeiros frutos vieram com sabor de saudade.

Essa lembrança me faz pensar que todos nós deveríamos plantar pelo menos uma árvore na vida. Para os nossos filhos, para as futuras gerações, para carregar no peito a semente do amor e da esperança em dias melhores.

Pé de acerola do papai

E você, já pensou em plantar uma árvore?

Que tal começar com um pé de acerola? Basta separar um cantinho ensolarado no quintal ou até mesmo na sua varanda. Ela é um arbusto bem rústico, do tipo sem-frescuras, que atinge até três metros de altura e pode ser plantado em vaso.

Adora solo bem adubado e rico em matéria orgânica (esterco e outros resíduos). Para completar os cuidados, precisa de água na medida certa (nada de encharcamento), podas regulares, fertilizantes (como o NPK 10-10-10) e muito, muito amor. Como retribuição, a acerola pode dar frutos o ano inteiro. Bem generosa, não acha?

Jardins dos Leitores

Adoro conhecer histórias de amor entre as pessoas e a natureza.
Se você tem alguma história pra contar, escreva pra gente! ;)

Obrigada pela visita!

Post anterior Próximo post

Você também vai gostar! :)

  • alexandro

    muito bom

  • alexandro

    otimo

  • Cleide Freitas

    Alice (nome da minha filha), sou mãe de três filhos, jornalista, empresária e professora universitária – apesar de morar em São Paulo, estou sempre em busca de qualidade de vida para meus filhos. Com isso, em setembro do ano passado pesquisei uma árvore pequena, que não tivesse frutos muito doces como a jabuticaba e pudesse ser cultivada em vaso. A eleita foi a acerola, fruta que costumo comprar na feira e colher na casa dos meus tios no interior para complementar a vitamina C no suco das crianças. A pequena árvore manteve-se tímida, achei até que não fosse vingar. Até que comprei um belo vaso, espaçoso e ela agradeceu com muitas flores que transformaram-se em lindas frutinhas vermelhas, colhidas por nós com carinho. Em poucos meses minha acerola veio para nossa mesa e pra mim ela traduz o sentimento de que Deus está em tudo e nas pequenas coisas do nosso dia a dia. Por isso a cada fruto que ela me dá, agradeço, retribuo com carinho e água. Achei linda sua história e espero que meus filhos tenham boas lembranças da nossa acerola também. Um beijo!

    • Ah, que linda!!! Sua história com a acerola ainda vai render muitos frutos. Tenho certeza que seus filhos lembrarão para sempre do seu gesto de carinho. São essas sementes de esperança que fazem meu coração vibrar por um mundo #maisverde. Parabéns, querida! A sua atitude, tão generosa, é capaz de mudar o mundo. Um beijo carinhoso!