jc-como-combater-cochonilhas-cactos-destaque1080px
Paisagismo

Como combater um ataque de cochonilhas ao jardim

Neste exato momento, acabo de identificar o ataque de uma horda de cochonilhas assassinas ao meu querido jardim de cactos e suculentas. Não sei como isso aconteceu. Do dia para a noite, elas apareceram aqui sugando toda a energia dos meus cactos tão amados. Pragas maleditas! Como ousaram aparecer no meu jardim? Fato é que estou passando por uma fase ruim, após sofrer grandes perdas, e tudo na vida anda meio fora de ordem, sabe? Até o jardim.

Essas pragas só aparecem quando ocorre algum desequilíbrio ambiental, e os motivos podem ser vários: a falta ou excesso de água, carência de nutrientes, solo inadequado, pouca luz natural, adubação excessiva e até mesmo azar. No típico ataque de cochonilhas, surgem bolinhas brancas que parecem pequenos pedaços de algodão.

jc-como-combater-cochonilhas-cactos03

Elas ficam paralisadas nos caules das plantas, bem próximas das folhas. Aí você pensa que essas criaturas aparentemente inofensivas não pretendem fazer mal algum. Até que as folhas da sua plantinha começam a ficar manchadas e murchar. Então vem o desespero. E ele fica ainda maior quando a planta perde o vigor e vai definhando até a morte, em alguns casos.

Viu só? Existem outras criaturas além de nós que também amam cactos e suculentas. Daí a importância da observação. Tem que ficar sempre esperto, dando aquela olhada mais caprichada nas suas plantinhas. Assim você pode acompanhar o crescimento, observar se precisam de alguma coisa ou se tem um grupo de fucking cochonilhas se preparando para atacar. Entendeu?   No meu caso, apesar de me sentir uma péssima mãe, tive a sorte de perceber bem no início, o que sempre facilita o controle.

jc-como-combater-cochonilhas-cactos02

Conhecendo as vilãs

As cochonilhas são insetos que, como já disse, parecem pedacinhos fofos de algodão. Mas elas não são nada fofinhas, pois se alimentam da seiva das plantas deixando para trás uma substância viscosa que atrai formigas e fungos. Isso pode ser a morte da sua plantinha, se o problema não for tratado com a devida atenção. As cochonilhas são as inimigas nº 1 de um jardim com plantas ornamentais. Não subestime a capacidade de destruição dessa criatura minúscula e insignificante, ok?

Dá um look na criatura para facilitar a identificação se um dia ela aparecer por aí. É sempre bom lembrar que a cochonilha tem alguns disfarces, o que pode acabar provocando dúvidas sobre a sua verdadeira identidade. Ela pode apresentar formas bem variadas, com coloração branca, verde, marrom, vermelha, cinza, preta etc. Para facilitar a vida, faz o seguinte: se avistar um grupo suspeito, vasculhe com calma o jardim e separe imediatamente todas as plantas que foram atacadas. Não precisa ficar triste, é só pensar que elas vão passar um tempo em um spa de recuperação.

Mas por que isso foi acontecer comigo?

Um ataque de cochonilhas só ocorre quando existe um desequilíbrio no ecossistema, que pode ser provocado por más condições ambientais, nutricionais e uma mistura das duas coisas aliada ao azar. Para proteger seu jardim, é importante manter as plantas em condições saudáveis, respeitando suas necessidades de iluminação, rega, nutrientes, adubação e solo. Também é preciso fortalecer a amizade com os predadores naturais das cochonilhas, como as queridas joaninhas e algumas moscas e percevejos, que não são criaturas tão fofas assim.

jc-como-combater-cochonilhas-cactos05

Como combater um ataque de cochonilhas

Se você também deu azar de ficar cara a cara com as inimigas, pode levantar a cabeça e se preparar para o combate. Vamos lutar para salvar nossos jardins, com medidas simples para controlar essa praga. Tudo vai depender, é claro, da intensidade do ataque e das condições das plantas. Se for identificado no início, é sempre mais fácil resgatar as vítimas.

jc-como-combater-cochonilhas-cactos04

Guia de combate às cochonilhas

Confira o passo a passo completo para manter as cochonilhas sob controle com ingredientes naturais que não prejudicam as plantas nem a sua saúde. Ao sofrer um ataque, pode seguir as etapas abaixo. Mas não se esqueça de avaliar com carinho o que pode ter acontecido de errado!  

  • Passo 1
    Mova a planta para um ambiente fresco, com muita luz natural.
  • Passo 2
    Remova a maior parte das cochonilhas com um cotonete umedecido em Vinagre, Álcool Etílico ou Óleo de Neem.
  • Passo 3
    Limpe o local do ataque com uma solução de sabão de coco natural e água, na proporção de 10g/L. É só diluir o sabão na água quente. Espere esfriar e espalhe a solução com uma escovinha de dentes, esfregando delicadamente o local. Seja carinhoso para não danificar sua planta.
  • Passo 4
    Faça uma poda para remover as áreas mais comprometidas. Se for preciso, seja radical.
  • Passo 5
    Pulverize a planta com Óleo de Neem ou Óleo Mineral (compre na farmácia e utilize uma tampinha para cada 1 litro de água). Eles são defensivos naturais que criam uma camada impermeável sobre a cochonilha, impedindo-a de respirar. Ah, e muito importante: isso só deve ser feito no final da tarde, quando o sol estiver mais ameno. A aplicação deve ser feita depois da rega.
  • Passo 6
    Após uma semana, verifique se o problema foi resolvido. Reaplique a pulverização com Óleo de Neem ou Óleo Mineral. Fique sempre de olho. Se as cochonilhas insistirem com a festinha no jardim, faça uma nova limpeza com a solução de sabão neutro e continue com as pulverizações semanais, com foco nas áreas mais afetadas. Neste caso, é bom avaliar as raízes da planta e lavá-las em água corrente, com uma certa pressão, para eliminar todas as cochonilhas.
  • Passo 7
    Prossiga com a fiscalização semanal e não interrompa o tratamento de forma alguma. Combinado? Em árvores frutíferas, por medida de precaução, evite a aplicação direta nos frutos.

Ah, e pode colocar qualquer inseticida na sua lista negra! Eles são verdadeiros venenos químicos que poluem o meio ambiente, destroem criaturas amigáveis como as joaninhas e ainda colocam em risco a nossa saúde e dos animais que amamos.

Há quem goste de uma boa receita caseira de calda de fumo, mas não sou fã da solução. Na minha opinião, o trio mais eficaz no controle das cochonilhas é Sabão de Coco + Água + Óleo de Neem.

jc-como-combater-cochonilhas-cactos01

Espero poder voltar logo com boas notícias dos meus cactos queridos. Torçam por eles!  

Um beijo no coração!

Post anterior Próximo post

Você também vai gostar! :)

  • Cih

    Nunca tive esse probleminha com as suculentes mas, meus cactus já sofreram dois ataques dessas criaturas! Ainda não consegui entender onde errei e me sinto mega culpada… A sua dica vai me ajudar, eu acabei tirando os insetos na mão e nem passei nada nos dois ataques deste ano. Kiss e estava com saudades daqui.

    • Oi Cih! Essas pestinhas também nunca apareceram nas minhas sucus, só agora nos cactos. Já enfrentei um ataque na minha Onze Horas, mas foi durante uma viagem, então quando voltei a situação já estava muito punk. Se você passar por isso novamente, o primeiro cuidado é colocar o cacto em um local com sol direto. Depois, seguir essas dicas.

      Mas se você já teve cactos com cochonilhas duas vezes este ano, recomendo fortemente que vc passe a fazer uma aplicação mensal do Óleo de Neem nos cactos, por uns 2 ou 3 meses. Ele é um defensivo natural, seus cactos ficarão mais protegidos.

      Também estava com saudades daqui, viu? Escrever me faz um bem danado, é a minha terapia. Não posso ficar sem isso. Obrigada pelo carinho de sempre! Também estou com saudades dos seus posts! <3

      Um beijo!!

  • Wilma

    Ótimas dicas, já perdí uma planta linda por causa dessa praga maledeta, mas agora já sei como proceder…obrigada. bjossss

    • Obrigada pelo carinho! Perder plantinhas para as cochonilhas… isso não nos pertence mais!! rsrs Um beijo, flor!

  • Bru Santos

    Nossa quanta informação muito boa Alice!
    Estou querendo começar uma mini coleção de cactos e suculentas e foi muito bom saber desses pequenos problemas que podem acontecer e saber como resolver!
    Muito bom o post!

    Beijinhos :)
    Bru Santos ♥
    http://www.queseame.com

    • Feliz que você gostou, e mais ainda em saber que vai entrar para o time dos succulovers!! Você vai amar! <3
      Um beijo!

  • Izzy

    Um blog cheio de flores, cactos, suculentas e dicas valiosas! Adorei, pois eu sou uma negação com plantas! Aliás, acho que essa cochonilha atacou a minha árvore da felicidade, logo quando a ganhei. Foi um custo para acabar com essas danadinhas. E com as formigas, então? Arg!

    Beijos!

    • Ah, obrigada pelo carinho!! Você é uma flor!! :)
      Quando essas danadas aparecerem por aí, você estará preparada para o combate! Para as formigas, tem um produto ótimo que uso nas orquídeas. Chama-se Formilix. É um defensivo natural, fique tranquila. Mas extremamente eficaz! Fiquei impressionada com esse produto!
      Um beijo!!

  • Dani Cruz

    Informações úteis demais! Meu bambu está cheio dessa coisinhas.. Obrigada pela super receita!!

    • De nada, flor! Feliz em saber que ajudei! :)
      Um beijo no coração!

  • Camila

    Amei… Já add o site em favoritos, add face, insta. Uhuuuu!!! O que mais gostei é que as soluções são naturais, não uso nada de agroquímicos. Tenho um jardizinho de cactos, e essas vilãzinhas pegaram dois de meus amados cactinhos. Tô triste. Fazer isso jáaaa.. Beijos!!!