jc-expoflora2017-d
Paisagismo

Expoflora 2017: Seja Bem-Vindo à Festa das Flores!

Woooow! A temporada das flores voltou: é com muita alegria que hoje estou aqui para comemorar com vocês a chegada da Expoflora 2017 na minha querida cidade de Holambra (SP)!! A grande festa das flores já começou e está aberta ao público até o dia 24/9 para brindarmos a chegada da primavera em grande estilo: com um mar de flores, plantas e jardins, com muitos chopps e comidas típicas holandesas!! Quem topa?? :)

Vocês nem imaginam como meu coração fica em festa nesta época!!   A pequenina cidade no interior de São Paulo é a minha segunda casa; um lugarzinho perdido no mundo onde meu coração fica em paz, cercado de flores, plantas, jardins e toda magia que envolve este lugar.

A 36º edição da Expoflora traz atrações imperdíveis para todos os públicos, garantindo muita diversão para todas as idades! Isso porque, além da exposição de flores e plantas ornamentais, a Expoflora tem uma infraestrutura completa em um parque gigaaaaaaante, com mais de 250 mil metros quadrados. É diversão que não acaba mais!!

Preparei um tour bem legal para ajudá-lo a aproveitar essa festa, sem perder nenhum detalhe especial. Veja as dicas abaixo:

1. Passeie à vontade para conhecer a Expoflora

jc-expoflora2017-espaco-parque

Use o mapa do parque e faça um tour panorâmico para conhecer as principais atrações do evento. Faça um pequeno roteiro com seu grupo. Assim vocês aproveitam bem esse dia na Expoflora, cada um à sua maneira. Tem minissitio e parque de diversões para entreter a criançada. Muito chopp e comidas típicas para os amantes da gastronomia. Doces maravilhosos para agradar as formiguinhas de plantão. E um parque inteiro para explorar!  

Ah, uma dica importante: nesta época do ano, o calor já pode chegar com força em Holambra (sim, lá é quente, beeeeeeem quente quando faz calor!). Por isso, use roupas leves, sapatos confortáveis e beba bastante água para manter a hidratação. Não se esqueça de levar chapéu e protetor solar para caminhar na cidade.

 

2. Aproveite as boas surpresas pelo caminho

jc-expoflora2017-arvore-de-tamancos

A Expoflora está repleta de atrações artísticas por toda parte. É delicioso caminhar entre flores e jardins e de repente encontrar bandas musicais pelo caminho, com suas lindas e divertidas canções; participar das brincadeiras promovidas por artistas itinerantes; tirar selfies super legais em um fusca todo florido; acompanhar a inusitada parada das flores que é uma tradição holambrense; e quando o cansaço bater, encontrar um banquinho aconchegante com uma bela vista para relaxar.

jc-expoflora2017-arco-de-flores

jc-expoflora2016-alice-saraiva-fusca-florido

jc-expoflora2017-espaco-parque2

jc-expoflora2017-artistas-itinerantes

Bônus track

Tirar uma foto abraçando uma embalagem de detergente é algo que não tem preço… só é possível na Expoflora, vai por mim! rsrs

jc-expoflora2016-alice-saraiva-detergente

> > Anote aí: o argumento perfeito para convencer um homem a acompanhá-la na Expoflora

É só mostrar a foto de um caminhão gigaaaaaaaaaaaante carregado de chopp Amstel!   Se isso não for suficiente, apele para duas palavras mágicas: comida alemã.

jc-expoflora2016-caminhao-chopp-amstel

 

3. Inspire-se com a Mostra de Paisagismo e Jardinagem

jc-expoflora2017-ambiente-coworking

A Mostra segue a mesma vibe do ano passado e todos os ambientes foram criados sob o conceito de uma residência completa, com diferentes áreas. Os projetos paisagísticos e de decoração apresentam ideias simples para qualquer pessoa decorar a casa com flores, plantas e jardins. Ao passar pelo portal, que é na verdade um enorme coração com 580 vasos de mini petúnias, você já vai sentir aquela sensação boa de carinho e aconchego. Aquela sensação de estar em casa.

Quando chegar à Oficina no jardim, criada pela arquiteta Ana Dix, você vai mergulhar no túnel do tempo e lembrar daqueles jardins coloridos das nossas avós, cercados de samambaias, asplênios e móveis de ferro. Eu poderia passar horas naquele lugar!   Mas aí deixaria de conhecer a Varanda inspiradora da arquiteta Daniela Vieira, que está cheia de orquídeas e de ideias criativas para composição de áreas verdes. Ahhh! E os queridos arquitetos Dirceu Daieira e Fernanda Souza Leme, que no ano passado arrasaram na criação de um jardim contemporâneo com rosas do deserto, este ano projetaram uma Horta sustentável com um design inspirador. Posso apostar, ainda, que você vai vibrar de emoção junto comigo ao encontrar uma coleção linda de cactos e suculentas no espaço Coworking, do designer Allan Oliveira.

jc-expoflora2017-oficina-no-jardim

jc-expoflora2017-varanda

jc-expoflora2017-horta-sustentavel-pneus

Em resumo: passeie à vontade pela Expoflora, mas NÃO PERCA A MOSTRA DE PAISAGISMO! Sério. Isto é uma ordem.

 

4. Renove as esperanças com a Chuva de Pétalas

jc-expoflora2017-chuva-de-petalas

Eu posso garantir que essa é uma das experiências mais emocionantes da Expoflora. O coração se enche de esperança ao ver milhares de pétalas coloridas e perfumadas caindo dos céus de Holambra. É uma verdadeira chuva de amor, que acontece diariamente às 16h30. Diz a tradição que quem pegar uma pétala no ar terá seus desejos realizados. Não sei se é verdade, mas vale experimentar!  

 

5. Visite a Exposição de Arranjos Florais

jc-expoflora2017-arranjos-florais

Tem um mar de flores para inspirar seu coração na Exposição de Arranjos Florais, onde grandes nomes da arte floral brasileira apresentam novidades e tendências para o mundo das festas e decoração. Você vai se encantar com belos cenários e composições florais.

 

6. Mergulhe na cultura holandesa através da dança

jc-expoflora2016-dancas-tipicas-holandesas

Divirta-se com as apresentações de danças típicas que são realizadas diariamente, a partir das 14h30, em cinco palcos espalhados pelo parque. O grupo de dança, formado por jovens holambrenses, é liderado pelo carismático professor Piet Schoemaker. As danças são inspiradas na natureza, nas profissões e ofícios, nas colheitas e também nas histórias e tradições do povo holandês. O grupo de Piet é o único no mundo a reunir coreografias de várias regiões da Holanda. Tem horas que a vontade é de entrar na roda e sair dançando junto com eles!! :)

 

7. Viva a experiência da culinária holandesa

jc-expoflora2016-stroopwafel-cred-divulgacao

Experimente as comidas típicas em uma das praças de alimentação. Os restaurantes e confeitarias oferecem ótimas opções gastronômicas. Vou deixar algumas sugestões imperdíveis para você: a Pannekoek (panqueca) com diferentes recheios é simplesmente divina; o Eisben (joelho de porco) e as batatas holandesas são tradicionalíssimos; e se ainda tiver estômago, também vale experimentar o Vis Holand (peixe holandês), o Stampot Wortel (purê de batata com cenouras e carne de porco e molho de cerveja) e o Festival Stamppot (purês típicos acompanhando de salsichões).

Dica importantíssima: guarde espaço para a sobremesa, pois garanto que você vai se apaixonar pelos doces, a começar pelos famosos Poffertjes (minipanquecas doces). Não deixe de levar para casa alguns pacotes de Stroopwafel (waffel recheado com caramelo). Eles são uma forma deliciosa de matar as saudades de Holambra…  

jc-expoflora2016-bloembarry-cred-divulgacao

Já deu pra ver que come-se bem em Holambra, né? Vou dar algumas dicas sobre isso mais à frente…

 

8. Visite o Museu Histórico Cultural de Holambra

museu-de-holambra-2015-casa-dos-pioneiros-cred-fabiano-de-bruin-47

O Museu fica dentro do parque da Expoflora e esta é uma oportunidade incrível de conhecer a história da cidade, marcada pela colonização holandesa. A história de Holambra é, na verdade, a história de coragem e resiliência de um povo que imigrou para o Brasil em busca de uma vida melhor.

 

9. Comprinhas na Expoflora

jc-jardimtropical-bali08

São infinitas opções de compras, mimos e presentes na Expoflora. Mas para ter uma lembrança genuína da cidade, costumo sempre indicar esse trio imbatível: um pequeno souvenir holandês de porcelana + um tradicional Klompen (tamanco holandês), mesmo que seja em miniatura + um pacote de Stroopwafel (aquele waffel maravilhoso com recheio de caramelo). E para fechar com chave de ouro, uma planta! Pronto. Essas são lembranças típicas de Holambra para guardar no coração!  

Ao passear pelo parque, você encontrará uma oferta incrível de produtos. Até mesmo aqueles xinglings que a gente vê por aí. Falando sério: tem chapéu, bolsa, carteira, roupa, relógio, utensílios domésticos, móveis e todo tipo de tranqueira que você possa imaginar! Por isso, a minha dica é: procure sempre prestigiar produtos artesanais e negócios locais. Assim a gente compra de quem faz e movimenta a economia local. Vou deixar algumas sugestões: o artesanato de Pedreira, objetos lindos de crochê que vêm direto de Inconfidentes (MG), peças decorativas para enfeitar o jardim e produtos de jardinagem que você só encontra em Holambra.

Aproveite para visitar o Shopping das Flores antes de partir da cidade. A melhor forma de carregar um pedacinho de Holambra no coração é levando uma planta para o jardim. Deixe-se contagiar pelo espírito holambrense de deixar o mundo #maisverde e cheio de amor!

 

10. Faça um passeio pela cidade

jc-expoflora2017-lago-em-holambra

Aqui vai a dica mais importante de todas: saia da Expoflora. É isso mesmo! Holambra te convida a passear de bike por suas ruas tranquilas e arborizadas. A melhor confeitaria da cidade – Zoet en Zout – fica à beira de um lago onde você pode passar facilmente uma tarde inteira à sombra das árvores, contemplando o vaivém das nuvens no céu. Aliás, o céu de Holambra é um espetáculo à parte que merece ser admirado por diferentes ângulos: seja pelo Moinho Holandês ou nos passeios que levam aos campos de flores, o que vale é contemplar os diversos tons de azul que vibram no céu de Holambra.

Conheça a arquitetura da cidade e o clima pacato de interior. Experimente os saborosos croquetes holandeses. Só vá para o hotel quando o relógio marcar meia-noite e um minuto, pois o garçom irá te surpreender com a conta e o aviso de que o lugar vai fechar!  

Acho que já deu pra perceber como eu amo este lugar, né? Amo mesmo, de todo coração. Holambra é o meu segundo lar. Mas acho que já disse no começo do texto, e não quero ser repetitiva porque poderia ficar aqui por hooooooras falando sobre este lugar que, para mim, é um paraíso perdido no interior de São Paulo.

 

11. Fique alguns dias a mais na cidade

Holambra (SP) - Visita ao campo de flores (gérberas)

Holambra é mais, muito mais que a Expoflora. Muitas pessoas me perguntam se vale à pena conhecer a cidade em outra época. Sinceramente? A resposta é sim. É claro que com a Expoflora será bem mais emocionante, mas Holambra tem seu charme em qualquer época do ano. Veja as dicas de uma cidadã holambrense (de coração) para curtir a cidade:

Apaixone-se pela comida holandesa!

dutchO melhor restaurante da cidade chama-se The Old Dutch. Anote esse nome, pois é lá que você PRECISA ir se quiser conhecer a tradicional comida holandesa. O Casa Bela é um bom restaurante, e até tem um Eisben (joelho de porco) gostoso; a Martin Holandesa serve uma Pannekoek (panqueca) divina que também é imperdível. Sou viciada na Pannekoek com queijo gouda, rúcula e tomate seco! Mas nada – digo mesmo, NADA – supera a experiência de um belo almoço no The Old Dutch. Experimente o tradicional prato da casa, e você vai saber do que estou falando…

O atendimento impecável também é um ponto forte da casa, onde você é recebido como um amigo pelo dono do restaurante, que parece o Obelix e muitas vezes está segurando uma caneca enorme de cerveja. Como diz o slogan da casa, “escolha seu prato e alimente seu bom humor”!

Veja mais algumas dicas do que fazer em Holambra:

  • Agende um passeio de carro ou de bike aos campos de flores.
  • Caminhar pelo lago no fim da tarde é uma das coisas que mais amo fazer em Holambra! De bike ou a pé, todo dia é dia de explorar a cidade e se encantar com a beleza das ruas, o projeto urbanístico e o jeito simpático do povo holambrense, que carrega muitos traços da cultura holandesa.
  • Não deixe de conhecer a confeitaria Zoet en Zout. Você vai querer passar horas neste lugar.
  • Curta a noite no Vila de São Paulo, em um ambiente super animado, com boa música e um cardápio recheado de porções fartas e preços justos que encantam qualquer um.
  • Vá passar uma tarde no Rancho da Cachaça e tenha a vista mais linda de Holambra. Lá você pode experimentar aquela comida gostosa da roça, feita no fogão à lenha. E ainda se deliciar com belas cachaças. Indico a de cambuci e a de jabuticaba. Só para começar.
  • Visite a loja de decoração A Orquídea, que está repleta de vasos e souvenirs maravilhosos para casa e jardim.
  • Se quiser comprar plantas, e aumentar sua coleção de cactos e suculentas, recomendo uma visitinha à Pronta Flora. Você vai se surpreender com a variedade de espécies!! E também deve sair de lá com uma orquídea na mão…

Quer mais dicas? Leia esse post completo com as principais atrações de Holambra! :)

Serviço

36ª Expoflora
- Localização: Holambra (SP) – fica bem perto de Campinas!
- Período: de 25/8 a 24/9, de sexta-feira a domingo, e no dia de 7 setembro (feriado da Independência do Brasil)
- Horário: das 9h às 19h
- Ingressos: R$ 46 na bilheteria, com meia-entrada para crianças, estudantes e idosos
- Informações para o público: (19) 3802-1421 e [email protected]
www.expoflora.com.br

Um beijo no coração!

Post anterior Próximo post

Você também vai gostar! :)

  • Ana Maria M. Coelho

    oi Alice

    Fiquei tão feliz em vc ter passado no blog e conhecido a semânia, for que eu conhecia sem saber o nome tb.
    Amei esta postagem sobre a festa em Holambra, fiquei com mais vontade de conhecer!!
    E com o chopp e a comida alemã meu marido vai amar, kkkk
    Outro dia estivemos em Pomerode e um domingo foi pouco pra curtir este clima de cidade de interior, toda caprichada!
    Seu blog é um arraso, parabéns!!!

    bjão
    ana
    http://www.jeitodecasa.com