Mini rosas - Lembrancinhas ecológicas que encantam
Paisagismo

Mini rosas: como cuidar deste amor em flor

As mini rosas são um presente para guardar para sempre no coração. Se você recebeu esta delicada lembrança, cuide dela com carinho. Tenho certeza que ela retribuirá com flores e muita luz!   As mini rosas são o símbolo do amor. Um amor que, se for bem cuidado, poderá florescer o ano inteiro, nos mais variados tons de rosa, branco, rosa pink, amarelo, laranja e vermelho.

Essas pequenas roseiras são ideais para dar um lindo toque de cor, charme e romantismo ao jardim. Podem ser plantadas em vasos e jardineiras, formando canteiros e bordaduras. Na idade adulta, podem atingir até 60 cm de altura. Por trás da aparência frágil e delicada, há um segredo: elas são muito resistentes.

Mini rosas - Lembrancinhas ecológicas que encantam

1. Escolha um lugar especial para a sua mini rosa

Quando a mini rosa chegar em sua casa, reserve um cantinho bem iluminado para ela, de preferência, onde possa receber uma boa dose de sol direto. A mini rosa gosta de viver ao ar livre, seja em sol pleno ou meia sombra. Mas não se esqueça: ela ama o sol, e precisa dele para florescer. Pelo menos, seis horas por dia.

2. Regue com moderação

A mini rosa gosta de água na medida certa. Mantenha a terra úmida, mas sem encharcá-la. O ideal é que a terra permaneça ligeiramente seca entre as regas. Quando a temperatura estiver mais amena, a rega pode ser feita duas vezes por semana. Nos períodos mais quentes, a rega deve ser diária. As melhores horas do dia são de manhã, bem cedinho, e à noite. Aí vai uma dica: nunca regue suas plantas nos horários mais quentes do dia.

3. Plante sua muda em um vaso

Dê tempo ao tempo. A mini roseira necessita de um tempo para se adaptar ao novo lar. Acomode a muda em um cantinho especial e espere, mais ou menos, 10 dias para plantá-la em um vaso. Enquanto isso, vai escolhendo um vaso bem bonito (com 15 a 30 cm de diâmetro), com furos no fundo. Aí, sim, você pode caprichar! :)

Vamos começar pela preparação do solo! A mini rosa precisa de um solo rico em matéria orgânica, mais para argiloso, com boa drenagem. Se você adicionar esterco animal bem curtido, húmus de minhoca e farinha de ossos, ela vai amar!  

Montagem do vaso
  • Certifique-se de que o vaso possui furos no fundo.
  • Preencha o fundo do vaso com uma camada argila expandida, brita ou cacos de telha.
  • Coloque uma manta de poliéster (manta de Bidim) por cima para facilitar a drenagem da água. Ela atua como um filtro para que a terra não obstrua os furos do vaso nem suje o chão. Pode ser encontrada com facilidade em lojas de jardinagem e quiosques de plantas.
Plantio da mini rosa
  • Antes de plantar, molhe bem a mini rosa – até que a água escorra pelo fundo do saquinho ou vaso.
  • Cuide com carinho da parte superior da planta, removendo flores e botões danificados e folhas amareladas.
  • Encha o vaso com um pouco de terra (cerca de 1/3 do vaso) e faça uma cova, um pouco maior e mais funda do que o tamanho do saquinho ou vaso da muda.
  • Aperte o saquinho ou vaso para soltar a mini rosa. Retire-a com muito cuidado, com atenção especial para não danificar as raízes. Pode cortar o saquinho com uma tesoura para facilitar o trabalho.
  • Acomode a mini rosa no vaso. Preencha com terra os espaços vazios ao seu redor.
  • Afofe a terra com carinho.
  • Regue bem a mini rosa. Logo após o plantio da muda, regue moderadamente, mas todos os dias. Depois dessa fase, até a planta “pegar”, reduza as regas.

Lembrete: evite plantar a mini rosa em dias muito quentes. Prefira dias mais amenos.

4. A manutenção da mini rosa

Uma vez por semana, dedique um tempo para cortar as flores secas da mini rosa. Este cuidado estimulará novas florações. Aproveite este tempinho para observá-la com carinho, analisando as flores, verificando se há algum inseto ou mancha nas folhas, se está muito seca, e por aí vai. Com essas “vistorias periódicas”, será possível identificar e combater a tempo qualquer problema que possa surgir.

5. Cuide da adubação da sua mini rosa

A mini roseira precisa estar bem nutrida para desenvolver-se plenamente e florescer. A fertilização oferece todos os nutrientes que ela precisa. Deve ser feita até três vezes por ano. A melhor adubação para a mini rosa é a orgânica, com esterco animal, composto orgânico, farinha de ossos e torta de mamona. Basta espalhar essa mistura em volta da planta e incorporá-la ao solo. A mini rosa também gosta de húmus de minhoca. Se você optar pela adubação química, recomendo o NPK 4-14-8.

6. A poda da mini rosa

Vamos poupá-la das podas regulares. Ela já é tão pequenina… Basta retirar os caules velhos a cada dois anos para abrir espaço para os novos. Se quiser, você pode podá-la apenas para dar forma. A primeira poda deve ocorrer após um ano de plantio, entre julho e agosto.

Com esses cuidados, tenho certeza que a sua mini rosa ficará linda e sempre florida.
Não deixe de compartilhar as fotos pra gente admirar! :)

Lembrancinhas Ecológicas

Criamos uma linha especial de lembrancinhas ecológicas para tornar seu evento inesquecível. Compartilhe toda a emoção do seu casamento, chá de bebê, aniversário, chá de panela, festa temática ou evento corporativo, oferecendo lembranças verdes e ecológicas a seus convidados. Vamos multiplicar a semente de transformação por um mundo melhor, mais verde e mais sustentável. Resgatar o tempo com a família para curtir velhos hábitos. Plantar, semear e cuidar de um ideal. Lutar por um planeta mais verde, por um ar mais puro, por mais vida e cor, por mais árvores e menos carros nas ruas.

Mini rosas - Lembrancinhas ecológicas que encantam
Aqui as estrelas principais brilham verdíssimas: margarida, crisântemo, cacto e suculenta, mini rosa, lavanda, kalanchoe, manjericão, pimenta, mini espada de são jorge, entre outras. Entre em contato e solicite um orçamento. Seus convidados merecem esse carinho – o planeta também! :)

Obrigada pela visita!

Post anterior Próximo post

Você também vai gostar! :)

  • elenir gauciniski

    Alguém que possa me ajudar? conheci uma espécie de rosas que minha mãe tinha na entrada do portão de nossa casa ,que dava uma rosa muito minuscula de cor rosa chá de delicadeza infinita e de um perfume inegualavem que nunca senti em nenhuma outra rosa ,só que tenho procurado muito essa espécie e não encontro ,Se alguém souber ,desejo muito essa rosa ,quero cultiva la .

  • elenir gauciniski

    acho que é essa a rosa que procuro ,onde posso encontra la?

    • Valéria Menegaldo

      É a mini-rosa trepadeira, a flor parece um repolho muito pequenina. Você consegue a muda em Center Gardens grandes lojas, eu sempre vejo a venda, mas procure comprar uma muda mais desenvolvida, a minha comprei muito pequena e ela demorou muito pra “subir”. Agora ocupa uma jardineira com treliça e está enorme, ela detesta que mexam nela, se vc ficar manuseando seus galhos as folhas amarelam e caem. Quanto menos mexer, melhor.

  • Gabriella Müller

    Sou apaixonada por mini-rosas! Tenho várias delas no meu apartamento, mas infelizmente floresceram apenas 1 vez, quando as comprei. Aqui não há muito sol, aproveitam apenas 1 hora de sol por dia. Será por isso que nunca mais deram florzinhas?

    • Oi querida, com certeza o problema deve ser este. As mini rosas precisam receber, em média, umas 4h de sol por dia. Será que não tem um cantinho ensolarado pra elas aí na sua casa? Você também pode reforçar a adubação, utilizando húmus de minhoca (tem a versão líquida que é ótima e bem prática) e farinha de ossos. Elas vão se revigorar, mas continuarão sentindo a falta de sol. De qualquer forma, não custa nada fazer esse agrado. Elas vão amar! <3
      Um beijo! ;***

  • mIMI

    comprei um vaso com mini rosa no mercado, vniha varios pezinhos e um eu coloquei em outro vaso e outro eu deixei, mas todos morreram… o que pode ter sido? sera que coloquei agua demais? aqui o sol é bem forte, eu tentei deixar um pouco na sombra mas pegando luz… sera que isso interferiu?

    • Poxa, Mimi, que pena… =´(
      Você fez super bem ao colocá-las em meia sombra, pois o sol castigou muito neste verão.
      Também tive algumas perdas, mesmo regando diariamente com água gelada. A gente entende, mas dói no coração, não é mesmo? =/
      Tente começar a cuidar de cactos e suculentas. Aqui em casa eles são a minha paixão! Mesmo nesse calorzão, me dão uma alegria danada, pois estão sempre lindos e contentes!
      Boa sorte na próxima vez!!

      • mIMI

        Obrigada, Alice! Felizmente, uma delas está viva, com as folhas crescendo, ainda bem que esperei e não tirei do vaso para colocar outras no lugar =D! Nem me fala como fico triste, além de ser a sensação de não ter tido a capacidade, são vidinhas muito lindas e encantadoras, eu adoro plantas, elas são parte de nós e nossa integração com a natureza… tento cuidar bem delas. Mas é assim, são bem mais sensíveis que a gente né :/

  • Oi Faby, tudo bem?
    Nós vendemos essas lembrancinhas com Mini Rosas.
    Para quando você precisa? Onde seria a entrega?
    Preciso dessas informações para enviar um orçamento.
    Te aguardo! ;)
    Um beijo!

  • Oi Ivanir,
    As folhas amarelas são apenas um sinal de que alguma coisa não vai bem por aí. Elas podem aparecer por vários motivos: excesso de água, falta de água, baixa luminosidade, carência de nutrientes ou pragas. Com o clima mais seco, o ideal é regar até 3 vezes por semana. Lembre-se que elas precisam receber sol direto e adubação regular. Foque nesses aspectos. Se ainda assim, continuarem a surgir folhas amareladas, te recomendo uma aplicação de um fungicida (Cupro Dimy), tá bom? Mas primeiro, esteja atenta às necessidades básicas das suas mini rosas.

    Um beijo!!