jc-plantas-de-interior-pinterest-destaque
Paisagismo

7 Plantas de Interior que Fazem Sucesso no Pinterest

Luz na passarela! Lá vem elas, arrasando corações na internet e no Pinterest: conheça 7 plantas que são as queridinhas do momento, a última tendência na decoração de interiores, as plantas mais desejadas dos últimos tempos! Nossa seleção de estrelas está cheia de plantas que são perfeitas para ambientes internos. Aproveite as dicas e escolha uma – ou várias – para renovar o astral da sua casa! 

A Costela de Adão é um must have no mundo da moda e da decoração. Conquistou o mundo com seu design escultural e aquele jeitinho tipicamente tropical. A Ficus Lyrata é uma arvorezinha bem fotogênica que adora atrair os flashes por onde passa. Tá em todas as revistas, e só fica para trás quando os Cactos e Suculentas entram em cena. Peperômia Melancia e Pilea são as mais diferentonas da lista – e também são garantia de fofura e graciosidade na décor. Parecem até bailarinas!   

Para finalizar nossa seleção de estrelas, escolhemos espécies super versáteis: as bromélias Tillandsias, também conhecidas como Air Plants, e a Espada de São Jorge, que exala um aroma irresistível de saudade.

Será um prazer de apresentar a vocês o fantástico mundo das estrelas mais verdinhas da internet: aprenda o nome popular e o nome científico das plantas, veja o perfil completo, confira nossas dicas de cuidados e saiba como usá-las na decoração. Vem comigo!

 

Costela de Adão

Monstera Deliciosa

jc-plantas-de-interior-pinterest07

A folhagem exuberante da Monstera conquistou nossos corações e, desde então, essa planta virou hit de sucesso nas redes sociais. Ela já é considerada a planta mais pinterística de todos os tempos, inspirando criações no mundo da moda, das artes e da decoração. Todo mundo quer ter uma em casa, e a razão é bem simples: suas folhas esculturais, com recortes e linhas orgânicas, são verdadeiras obras de arte!  

A Costela de Adão, como também é conhecida, é uma trepadeira lenhosa com diferentes usos no paisagismo: ela pode reinar majestosa em um belo cesto na sala de estar, e ainda ficar incrível na formação de uma parede verde com jeitinho de floresta tropical. Mais versátil que isso, impossível. A Manu, do blog Simplichique, já escreveu uma matéria linda sobre como utilizar a Monstera na decoração. Super recomendo a leitura! :)

jc-plantas-de-interior-pinterest08

Ficha técnica

- Iluminação: gosta de receber muita luz indireta; é intolerante a sol pleno; em interiores, é melhor deixá-la perto da janela.

- Rega: precisa de regas regulares; a planta não tolera secar.

- Solo e Adubação: solo rico em matéria orgânica. A adubação foliar é bem-vinda.

- Cuidados especiais: é uma planta de grande porte que necessita de espaço para desenvolver-se. É recomendável limpar suas folhas com frequência para retirar a poeira. Por ser considerada uma planta tóxica, a Monstera não é indicada para o convívio com crianças e animais.

 

Ficus Lira ou Figueira Lira

Ficus Lyrata

jc-plantas-de-interior-pinterest10

Será uma couve gigante? Uma amendoeira em miniatura? Será que ela existe no Brasil? Fiquei em estado de choque quando vi essa planta no Pinterest pela primeira vez. Bateu um misto de emoção, curiosidade e muita vontade de tê-la aqui em casa! Desde então, essa arvorezinha começou a me perseguir por todos os cantos – revistas, blogs de decoração, Instagram, entre outros -, sempre no anonimato.

Até que um dia nos esbarramos em um shopping – pausa para os **pulinhos** de alegria!! -, e lá estava ela, linda e verdejante, em um vaso vietnamita baphônico!! Fiquei encantada com sua folhagem escultural, e logo corri para os livros em busca de informações.

Ficus Lyrata é o seu nome. E agora que estamos devidamente apresentadas, já posso compartilhar minhas descobertas: essa árvore de origem africana, com grande efeito ornamental, está entre as plantas de interiores mais utilizadas na decoração. É top, é capa de revista! E para nossa sorte, está começando a conquistar seu espaço aqui no Brasil!  

jc-plantas-de-interior-pinterest09

Taí uma planta cheia de personalidade, bem resistente e fácil de cuidar, com grande potencial para ser o centro das atenções. É perfeita para decorar um hall de entrada, escritório ou sala de estar. Suas folhas enooormes são bem ásperas e brilhantes, em formato de lira. Elas têm uma textura incrível que lembra o couro. As veias expostas e bem marcadas, na cor verde-amarelada, conferem esse visual rústico que impressiona e marca presença. E quando você sente a textura… fica difícil resistir aos seus encantos! De longe, é tão linda e perfeita que nem parece uma planta de verdade.

jc-plantas-de-interior-pinterest11

Ficha técnica

- Iluminação: gosta de receber sol pleno, mas vive bem com muita luz indireta; em interiores, é melhor deixá-la perto da janela.

- Rega: gosta de solo levemente úmido; regas regulares, sem encharcar o solo; a pulverização manual nas folhas é sempre bem-vinda.

- Solo e Adubação: solo bem drenado e rico em matéria orgânica. A adubação foliar é bem-vinda.

- Cuidados especiais: realize podas regulares no topo da planta para manter seu porte adequado ao tamanho do vaso. A planta não é resistente a geadas ou frio intenso. É recomendável limpar suas folhas com frequência para retirar a poeira. Por ser considerada uma planta tóxica, a Ficus Lyrata não é indicada para o convívio com crianças e animais.

 

Peperômia Melancia

Peperomia Argyreia

jc-plantas-de-interior-pinterest06

É impossível descrever o que senti ao ver essa pequenina pela primeira vez, ao vivo e a cores, em um garden center perto de casa. Tive vontade de colocá-la nos braços e cantar uma canção de ninar.. de tão fofa que é! Parece até um brinquedo. Na verdade, parece mesmo uma pequena planta dançando balé, em doces movimentos que encantam até os corações mais distantes do mundo das plantas.

Aqui em casa a Peperômia Melancia é carinhosamente chamada de Pepe (pronuncia-se Pééé-pe, e ela faz questão de ouvir a pronúncia correta, viu?). Ela é a alegria em pessoa, e também é uma das plantas mais divertidas do meu pequeno jardim. Desperta a curiosidade de todos que a conhecem. Ah, e cá entre nós: ela é super fácil de cuidar, sendo a escolha perfeita para interiores com boa iluminação natural!  

jc-plantas-de-interior-pinterest14
Olha a minha pequena Pepe aí, gente!! :)

A Peperômia Melancia é mais uma planta desconhecida que faz o maior sucesso no Pinterest. Eu posso apostar que você já viu essas folhinhas delicadas com estampa exclusiva de casca de melancia – e morreu de vontade de saber o seu nome. Acertei?

A folhagem extremamente decorativa é, sem dúvidas, o maior atrativo desta herbácea pequenina e compacta, que pode ser usada individualmente ou em grupos. Que tal uma jardineira linda, cheia de Peperômias saltitando de alegria, à meia-sombra? Ou então, um centro de mesa todo especial, com apenas um vaso de Peperômia? Ela vai bem até no banheiro, pois a-do-ra umidade! Uma coisa é certa: todo mundo vai ficar encantado com o charme dessa planta!  

Ficha técnica

- Iluminação: vive muito bem, obrigada, à meia sombra, com muita luz natural indireta; deve ficar longe do sol direto.

- Rega: gosta de umidade e precisa de regas regulares, sem encharcá-la; a planta não tolera secar.

- Solo e Adubação: solo rico em matéria orgânica misturado com um pouco de areia para garantir a drenagem do vaso. A adubação orgânica é sempre bem-vinda.

- Cuidados especiais: com o calor do verão, ela precisa receber mais água; tenha cuidado na montagem do vaso para garantir uma boa drenagem: coloque uma boa camada de pedriscos no fundo do vaso e forre com uma manta de TNT.

 

Pilea

Pilea Peperomioides

jc-plantas-de-interior-pinterest04

Qualquer semelhança entre a Pilea e a nossa querida Peperômia Melancia é mera coincidência. As duas herbáceas estão disputando todos os flashes no tapete vermelho do mundo das plantas. É uma mais ryca, phyna e poderosa que a outra.

As duas são puro glamour: se a Peperômia tem o charme da estampa exclusiva de melancia, a Pilea tem folhas verdinhas que exibem um look monocromático super elegante, e não passa despercebida por aí. Pelo contrário. Essa plantinha, de origem chinesa, tem feito o maior sucesso na decoração de interiores. Ela é a delicadeza em pessoa. 

jc-plantas-de-interior-pinterest05

A Pilea é uma planta super fácil de cuidar, de rápido crescimento, que multiplica-se com uma facilidade incrível! Na China, é conhecida como a “Planta do Dinheiro Chinês”. Apesar de toda fama e glamour, ela é de poucas exigências: apenas luz indireta, solo fértil, úmido e bem drenado, por favor! 

jc-plantas-de-interior-pinterest12

Ficha técnica

- Iluminação: vive muito bem, obrigada, à meia sombra, com muita luz natural indireta; deve ficar longe do sol direto.

- Rega: gosta de umidade e precisa de regas regulares, sem encharcá-la; a planta não tolera secar.

- Solo e Adubação: solo rico em matéria orgânica misturado com um pouco de areia para garantir a drenagem do vaso. A adubação orgânica é sempre bem-vinda.

- Cuidados especiais: com o calor do verão, ela precisa receber mais água; tenha cuidado na montagem do vaso para garantir uma boa drenagem: coloque uma boa camada de pedriscos no fundo do vaso e forre com uma manta de TNT.

 

Cactos e Suculentas

jc_cactos_do_amor_casamento_sexta_feira_13_02

No ranking das plantas mais pinterísticas dos últimos tempos, não poderiam faltar nossos queridos cactos e suculentas, que se destacam pela beleza e versatilidade no paisagismo e na decoração. Eles formam lindas composições em terrários, jardins verticais, suportes de plantas e mini jardins. Há também quem prefira apenas colecionar, aos montes, em vasinhos individuais – e batizar cada um deles com um nome especial.  

Cactos e suculentas são plantas fáceis de cuidar. Têm uma variedade incrível de cores, formas, texturas e espécies. Precisam de pouca água. Vivem muito bem em ambientes internos e são lindos de viver!

jc-plantas-de-interior-pinterest134

A família de cactos e suculentas é bem grande. Para acertar nos cuidados, vale conhecer as espécies e aprender tudo sobre elas. Só assim é possível oferecer as condições ideais para que cresçam felizes e saudáveis.

-> Acesse nosso Guia Completo de Cuidados com Cactos e Suculentas – e aprenda tudo sobre essas fofuras!

Ficha técnica

- Iluminação: como regra geral, gostam de receber muita luz indireta; são intolerantes a ambientes de sombra; algumas espécies precisam receber sol direto; em interiores, é melhor deixá-los bem próximos de uma janela.

- Rega: precisa de rega quando a terra está seca; não tolera encharcamento no solo.

- Solo e Adubação: solo leve, solto, bem drenado e rico em matéria orgânica; o substrato ideal se obtém da mistura de solo adubado e areia de rio, na proporção de 1:1. Pode-se adicionar pedriscos ao substrato. A adubação orgânica é bem-vinda.

 

Air Plants

Bromélias Tillandsias

jc-guia-completo-air-plants-tillandsias-26

Atenção, jardineiros, para o alerta de tendência no ar: Air Plants são o novo xodó daqueles que amam plantas na decoração!  

Quer saber o motivo de todo esse amor? Posso listar vários: elas são fáceis de cuidar, têm um visual super diferente, não precisam de terra para sobreviver e são indicadas para todos os ambientes – internos e externos. As plantas aéreas fazem o maior sucesso na internet. Inspiram projetos criativos. Arrancam suspiros de amor lá no Pinterest.

Conheça agora mesmo o nosso Guia Completo sobre Air Plants, que é o ponto de partida para quem deseja começar uma coleção e se apaixonar perdidamente por elas. Você vai aprender como regar plantas aéreas, qual é a iluminação adequada, como plantar, e ainda obter muitas dicas sobre solo, montagem de vasos, poda, adubação e reprodução de Tillandsias.

-> Acesse o artigo “Como Cuidar de Tillandsias – O Guia Completo sobre Air Plants”

jc-guia-completo-air-plants-tillandsias-27

Ficha técnica

- Iluminação: gosta de receber muita luz indireta; não é resistente a sol pleno; em interiores, é melhor deixá-la bem perto da janela.

- Rega: devem ser regadas, no mínimo, uma vez por semana. Mas o ideal é que recebam 2-3 regas semanais. Aumente a frequência das regas em um ambiente quente e seco. Reduza em um ambiente fresco e úmido. As Tillandsias devem passar pelo ritual de rega por imersão.

- Solo e Adubação: elas não necessitam de plantio no solo. Podem ser utilizadas em diversos projetos criativos. É só fixá-las em troncos e pequenos galhos de árvores, placas de fibra de coco, vasos de vidro, suportes, vasos de cerâmica, entre outros recipientes. Use a imaginação! A adubação com produtos específicos para bromélias é bem-vinda.

 

Espada de São Jorge

Sansevieria Trifasciata

jc-plantas-de-interior-pinterest02

Taí uma planta linda, de folhagem escultural, com aroma irresistível de saudade, que só me traz boas recordações: infância, casa de vó, brincadeiras na rua, os primeiros jardins…  Eu não sei muito bem quando tudo começou, mas de uns tempos pra cá a Espada de São Jorge tornou-se uma das plantas mais utilizadas na arquitetura e decoração de interiores. Além da facilidade no cultivo, acredito que uma das razões é a sua versatilidade.

Sozinha ou em grupos, a Espada de São Jorge é pura elegância e glamour para quem deseja uma decoração contemporânea no melhor estilo “capa de revista”. Ela cai bem em um vaso poderoso na entrada da casa. No aparador de madeira que precisa de um toque mais verde. Até naquela varandinha sem graça que taí ansiosa por uma repaginada.

As possibilidades de uso são infinitas! E aqui vale tudo: criar um centro de mesa cheio de mini espadinhas, usá-la em vasos pendentes, plantar em materiais reciclados, criar terrários e ainda espalhar aos montes pela casa. Em qualquer cantinho cheio de luz, uma Espada de São Jorge é bem-vinda para brilhar. Vai irradiar boas energias por toda casa: ela é considerada uma planta de proteção contra o mau olhado e este mesmo amuleto verdinho também é uma das plantas que purificam o ar.

jc-plantas-de-interior-pinterest03

Agora vem a melhor parte: a Espada de São Jorge é uma planta suuuuuper resistente e fácil de cuidar. É muito generosa com os dedinhos podres dos jardineiros menos experientes, pois exige bem pouco de nós. É uma das melhores plantas para quem tá louco para embarcar no fantástico mundo da jardinagem, e ainda não sabe por onde começar. Em versão mini ou maxi, a Espada de São Jorge gosta de receber pouca água e vive muito feliz em substratos leves e aerados. Ah! E quase esqueci de contar: essa lindinha é da família das Suculentas!!  

-> Acesse nosso Guia Completo de Cuidados com Cactos e Suculentas – e aprenda tudo sobre essas fofuras!

jc-plantas-de-interior-pinterest01

Ficha técnica

- Iluminação: gosta de receber muita luz indireta, mas é tolerante ao sol pleno; em interiores, é melhor deixá-la perto de uma janela.

- Rega: precisa de rega quando a terra está seca; não tolera encharcamento no solo.

- Solo e Adubação: solo leve, solto, bem drenado e rico em matéria orgânica; o substrato ideal se obtém da mistura de solo adubado e areia de rio, na proporção de 1:1. Pode-se adicionar pedriscos ao substrato. A adubação orgânica é bem-vinda.

Gostou da nossa seleção de estrelas? Qual delas conquistou seu coração? Conta pra mim nos comentários!   E não deixe de compartilhar esse post com todos os amigos que também amam plantas e jardins. Talvez eles também queiram descobrir o nome das plantas que você viu por aqui! :)


> Créditos das fotos: Destaque | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16

Um beijo no coração!

Post anterior Próximo post

Você também vai gostar! :)

  • Manuela Lopes

    Alice, que prazer em ver o Simplichique citado aqui, fiquei super feliz!
    Essas plantinhas que a gente vê no Pinterest são lindas demais. Sempre tive curiosidade de saber o nome daquela de folha “redondinha”; agora já sei! Pilea. Uma graça! E muito bom saber que aquele Ficus já deu suas caras por aqui! Essa planta tem um potencial incrível na decoração, gosto bastante!
    Sem dúvidas, um artigo pra deixar salvo aqui nos favoritos e consultar sempre que for preciso, obrigada pelas informações!! <3
    Beijo grande!

    • Ahhhh, Manu!! Que bom que vc gostou!! <3 Pra mim, é sempre um prazer falar do Simplichique por aqui. Adoro seu blog! E um trabalho bem feito, a gente tem mesmo que reconhecer.
      Menina, esse post surgiu porque muitas vezes até eu fico louca atrás do nome de alguma planta que aparece nos sites gringos. Fiquei sonhando com esse Ficus por um tempão… até finalmente ver um de perto, analisar suas características e me debruçar sobre os livros.. Foi uma felicidade encontrá-lo! rsrs E agora vim aqui compartilhar essa alegria com outras pessoas.. :)
      Um beijo grande!!

  • Mariana Calil

    Amei a lista! Principalmente as fichas técnicas… Para quem tem dedo podre, digo, é inexperiente como eu, é uma mão na roda!